A decisão de investir em uma estratégia de marketing digital focada em tráfego orgânico ou tráfego pago deverá levar em consideração aspectos como: objetivo, custo-benefício, urgência de resultados e recursos disponíveis.

Para que seja possível estabelecer uma comparação baseada nesses pontos, identificaremos as vantagens e desvantagens de investir na atração de cada um deles quando os colocamos lado a lado.

Uma coisa é certa, ambos os tráfegos se complementam, ou seja, resultados melhores serão alcançados se a sua empresa realizar investimentos nos dois tipos.

Porém, é preciso levar em conta alguns detalhes como, por exemplo, o fato de se o investimento do tráfego pago parar toda a estratégia pode ser desfeita, enquanto no orgânico os resultados alcançados não correm esse mesmo risco, já que um conteúdo continua gerando resultados mesmo depois de ter sido publicado.

Para exemplificar os custos relativos a cada um dos tráfegos, confira o gráfico abaixo:

Vamos supor que, para gerar 30 leads por meio de anúncios no Google Adwords ou Facebook Ads, seria necessário investir R$1.000,00. O que resulta em um custo por lead de R$33,33. Como nesses tipos de mídia esse pagamento é referente ao número de cliques, você desembolsa R$33,33 por usuário que clica e se converte em lead.

E para alcançar esse mesmo resultado em outro mês, o investimento necessário é o mesmo. Caso queira duplicar o número de leads gerados, também será preciso dobrar o investimento feito.

Já o investimento necessário para produzir e publicar materiais de Marketing de Conteúdo envolve um custo por lead inicial maior quando comparamos com o gráfico anterior — nesse caso esse custo chega a R$100,00 por cada lead gerado.

Porém, é possível notar que esse custo diminui ao longo do tempo pelo fato dos conteúdos já publicados continuarem gerando visitas e leads, impactando em número cada vez maior.

Os fatores que determinarão a diferença nos investimentos em cada tráfego são o orçamento e os objetivos da sua empresa no meio online.

Como mostrado acima, se o interesse do seu negócio é ter uma base sólida de leads que apresente um crescimento contínuo com um custo cada vez mais reduzido, não tenha dúvidas sobre adotar o Marketing de Conteúdo para a sua empresa.

Conclusão

Espero ter solucionado as suas dúvidas sobre os tipos de tráfegos e as características de cada um. Com esse conhecimento, elaborar uma estratégia tanto paga quanto orgânica para a sua empresa se tornará uma tarefa bem mais fácil.

E que tenha ficado bem claro que ambos os tráfegos se complementam e não existe um que é melhor que o outro.

Procuramos demonstrar os custos e retornos de cada um, junto com suas especificidades para que de acordo com a realidade de sua empresa, você possa definir com propriedade em qual tráfego será melhor realocar parte de seus investimentos.